Postagens Recentes

6/recent/ticker-posts

Paraná vacinará todos com mais de 18 anos até setembro

 


O governo do Paraná divulgou, nesta quarta-feira (16), o calendário de vacinação contra a Covid-19 para toda a população com mais de 18 anos.

A Secretaria Estadual da Saúde afirma que 3.804.025 paranaenses que não fazem parte de nenhum grupo prioritário deverão tomar pelo menos a primeira dose do imunizante até 30 de setembro.

Até esta data, o estado acredita que 4.931.989 de pessoas que pertencem aos grupos prioritários e que têm mais de 18 anos também serão vacinadas. Ao fim desta data, a expectativa é imunizar 8.736.014 paranaenses.

O anúncio de que a primeira dose seria aplicada em toda a população com mais de 18 anos até setembro foi feito na segunda-feira (14), pelo governador Ratinho Júnior.

A Secretaria Estadual da Saúde afirma que as datas foram elaboradas a partir da expectativa da manutenção do cronograma do governo federal e da média de envio de ao menos um lote de vacinas contra o novo coronavírus por semana ao estado. Também foi considerado o lote de vacinas da Janssen que o Paraná vai receber nos próximos dias.

Calendário

A vacinação deve acontecer em ordem decrescente, sucessiva e concomitante com a imunização dos grupos prioritários, que tem um público estimado de 4.931.989 pessoas. 

O Paraná iniciou a imunização da população geral no dia 4 de junho, começando com as idades de 58 a 59 anos. 

Mesmo com o anúncio que de que pessoas acima de 40 anos começariam a ser vacinadas nessa segunda-feira, alguns municípios estão aplicando doses em moradores que têm acima de 50 anos e há outras cidades que a vacina é aplicada em faixas etárias menores, devido ao número de doses disponíveis e pela procura.

Confira o cronograma:

    4 de junho a 18 de julho – 59 a 40 anos;

    19 de julho a 22 de agosto – 39 a 30 anos;

    23 de agosto a 19 de setembro – 29 a 20 anos;

    20 a 30 de setembro – 19 e 18 anos.


Estratégias de imunização

Ao mesmo tempo que a secretaria divulgou as datas da vacinação, a pasta informou que cada município é independente para definir a estratégia de imunização que será adotada.

As secretarias municipais poderão expandir a imunização para outras idades conforme a disponibilidade de doses.

conteúdo
G1


Postar um comentário

0 Comentários